domingo, 30 de julho de 2017

#LibertemRafaelBraga


Na próxima terça feira, dia 01/08, será julgado o pedido de Habeas Corpus do Rafael Braga na 1º Câmara do TJ do Rio de Janeiro. 
A organização da campanha dos 30 dias Por Rafael Braga está pedindo a comunicadores, atuantes e interessados na área de defesa dos Direitos Humanos e que enxergam na prisão do Rafael um retrato do racismo institucional e da seletividade penal da justiça brasileira que venham somar nesse momento crucial do caso do Rafael fazendo subir em suas principais mídias e redes sociais até terça feira a hashtag #LibertemRafaelBraga

terça-feira, 25 de julho de 2017

Campanha para Novo Gibi - Venda de Originais - Financiamento Coletivo

É PROIBIDO SER FELIZ - e outras histórias


Olá leitorxs. Estou com dois gibis de Histórias em Quadrinhos escritos, mas sem condição de desenhá-los por enquanto. Então tenho uma proposta para uma espécie de financiamento coletivo com compras dos originais. Parece complicado mas não é.


(O gibi "A Bicho-Preguiça da Estepe - Vida e Obra de Abijupaé Tremoço" vou deixar pra depois)


Vou tentar publicar agora - o mais rápido possível - o gibi 
É PROIBIDO SER FELIZ - e outras histórias.

Será um gibi de 60 páginas, mais capa colorida, com 10 HQs longas, sendo que três já estão desenhadas e publicadas nesse blog(clica em cima pra ler):




Jão Binarinho (6 páginas)










Veja abaixo o título e o resumo das outras 7 HQs que estarão no gibi:


Cuzinhânu com Diácomo Pancetinha (6 páginas)
Diácomo Pancetinha discorda completamente do conceito de saudável da Bela Gil e vai mostrar em seu programa imaginário porque ela está errada.


É proibido ser feliz (8 páginas)
Depois de um dia cansativo de trabalho nosso herói só quer ir pro bar, encher a cara e dar risada, mas ele tem amigos de esquerda que podem por tudo a perder.
(com Spinoza, Deleuze, João Cabelo, Laura Mendes e Aline Telles)


Diálogo Monólogo de Ruaneco Bódi Véio (6 páginas)
Um bêbado reflete sobre sua condição de macho.


Uma tirinha por dia (8 páginas)
Tenho um pesadelo horrível: fui contratado por um jornal de grande circulação pra fazer uma tirinha por dia. E pior: o pesadelo também é em tirinhas!!


O problema mais problemático (3 páginas)
As violências que chocam e as que não chocam as pessoas. (roteiro de Bruno Rampone)


Tem muito cimento no mundo (5 páginas)
Um homem solitário conversa com seu abajur.


Sirnaívo e Belota (6 páginas)
Dois sujeitos pitorescos pegam o mesmo livro na biblioteca municipal de Tangamangápio e as consequências são inesperadas.


Tenho que desenhar ainda 38 páginas desse gibi. Pra isso queria vender essas páginas originais que serão desenhadas por 25 reais cada aos leitores dos meus quadrinhos que anseiam ver esse gibi pronto. Dessa forma consigo me liberar umas horas do meu outro trampo (quem tiver muito curioso em saber qual é me mande um e-mail) para me dedicar aos desenhos.




O leitor pode escolher qual página de qual história eu devo desenhar. Sempre postarei no blog que página estará sendo desenhada. Mando pelo correio assim que desenhar e escanear. As HQs serão publicadas coloridas no blog assim que estiverem prontas (como as três que já estão publicadas).

Depois que todas estiverem publicadas rodarei uma primeira edição de 100 gibis pela Editora Xerósqui.

Preciso portanto de 38 leitores comprando um original cada. 

Escrevam para zinedojao@gmail.com que mando minha conta pra depósito.




Agradeço a todxs pela atenção e pela divulgação dos meus trabalhos que cada dia tem mais leitores. Se der pra divulgar essa campanha fico muito agradicido.

Abração procês!!


domingo, 23 de julho de 2017

Frases estrambólicas de Abijupaé Tremoço (vol. 1 - Ícones da Indústria Cultural)

"Caetano é legalzinho, Novos Baianos é óquêi... Bom mesmo é Baiano e os Novos Caetanos"





"Entre todos esses filósofos de youtube - Mário Sergio Cortela, Olavo de Carvalho, Pondé, Karnal, Clóvis de Barros... - o que eu mais gosto é o PC Siqueira"



"Já que temos que ver o sucesso do Luciano Huck que pelo menos gozemos o fracasso do Rogério Ceni"


"Som ruim hoje em dia? Tem muitos, né? Cada dia surgem várias estilos merda. Mas nenhum deles supera a Bossa Nova"